Swami Satchidananda

Swami Satchidananda

Swami Satchidananda foi o fundador do Integral Yoga e um exemplo vivo dos ensinamentos e objetivos deste método.

Com o nome de C. K. Ramaswami Gouder, nasceu em 1914, em Chettipalayam, uma pequena vila em Coimbatore, no sul da Índia. No início da vida adulta, foi gerente de um templo, estudou agricultura na faculdade e trabalhou no negócio da família, importando motocicletas. Aos 23 anos tornou-se gerente da Agência Nacional Indiana de Eletricidade. Casou-se e teve dois filhos. Cinco anos mais tarde, sua esposa morreu repentinamente e ele então embarcou na vida Yogue, praticando e se especializando no Yoga Clássico.

Nesse período, viajou por toda a Índia meditando em Templos Sagrados e estudando com professores espirituais reverenciados, como Ramana Maharshi, até, finalmente, encontrar seu Guru, Swami Sivananda Saraswati, na cidade de Rishikesh, aos pés dos Himalayas. Em 1949 foi ordenado sannyasa e recebeu o seu nome espiritual de Satchidananda Saraswati (que significa essência, consciência e felicidade).

Na década de 1950, Swami Satchidananda dirigiu o ashram de Swami Sivananda no Sri Lanka, onde, além de ensinar yoga juntamente com a filosofia espiritual da Índia, concebeu um processo de abertura e modernização da abordagem do Yoga, bem como o diálogo entre diferentes crenças e religiões.

Em 1966, após muitos anos servindo seu Guru, Satchidananda visitou Nova York a convite do artista Peter Max e, pouco tempo depois, mudou-se para os Estados Unidos. De lá, espalhou seus ensinamentos de Yoga. Tornou-se amplamente conhecido pelo público ao fazer a abertura do Festival de Woodstock, em 1969, causando imensa repercussão com seu discurso de paz.

Em 1986 inaugurou o Lotus Temple, em Yogaville, uma comunidade de Yoga em Buckingham, na Virgínia, EUA. Essa comunidade é hoje um centro de referência nos estudos de Yoga e espiritualidade, formando milhares de professores por ano, de todas as partes do mundo.

Em 19 de agosto de 2002, aos 87 anos, Swami Satchidananda abandonou seu corpo físico, sendo enterrado em Yogaville. Deixou milhares de discípulos que continuam a levar seus ensinamentos aos quatro cantos do mundo, além de uma extensa obra publicada.

lotus jaivida
Top